Diagnóstico da Doença Celíaca

Diagnóstico da Doença Celíaca

O diagnóstico da Doença Celíaca baseia-se em uma combinação de dados clínicos.

Importante: Não iniciar dieta sem glúten antes de realizar testes sorológicos e biópsia!

 

Exames:
Sorológicos (obtidos através de exame de sangue).
Histológicos (sendo biópsia do intestino delgado realizado através de endoscopia*)

Resultado:
Sorologia positiva +Histologia positiva = Doença Celíaca confirmada
Sorologia negativa + Histologia negativa = DC excluída
Mas:
Sorologia positiva e a Histologia negativa = rever ou repetir biópsia após 1 a 2 anos
Sorologia negativa e a Histologia positiva = rever outras causas de Enterite (Enterite é a inflamação do intestino delgado)

 

Exames:
São três os principais testes Sorológicos para a detecção da Intolerância ao Glúten:
Teste Sorológico: Anticorpo antiendomísio (EmA IgA)
Anticorpo Antitransglutaminase (ANTI-tTG-IgA)
Anticorpo Antigliadina ((AGA) IgG e IgA)

(O caráter hereditário desta doença torna imprescindível que parentes de primeiro grau de celíacos submetam-se ao teste para sua detecção).

Se a DC permanece sem diagnóstico, pode aumentar o risco de complicações que ameaçam a vida e que são difíceis de tratar, por exemplo: o linfoma intestinal.
• Câncer
• Linfomas malignos
• Neoplasia do intestino delgado
• Tumores orofaríngeos
• Adenocarcinomas de cólon
• Infertilidade
• Osteoporose
• Atraso no crescimento
• Doenças autoimunes

*Endoscopia = “Para o diagnóstico definitivo da DC é imprescindível a realização de endoscopia digestiva alta, com biópsia de intestino delgado, devendo-se obter pelo menos 4 fragmentos da porção mais distal do duodeno, pelo menos segunda ou terceira porção, para exame histopatológico do material biopsiado”.

Consulte um gastroenterologista.

Texto escrito por Maria do Carmo Soares Fonseca.

Fonte: TheDr.com

766 pessoas alcançadas