Reconheceu os sintomas… O que fazer?

Reconheceu os sintomas… O que fazer?

“A falta de informação sobre a DC e a dificuldade para o diagnóstico prejudicam a adesão ao tratamento e limitam as possibilidades de melhora do quadro clínico”.

Se reconhecer algum desses sintomas, ou se tem várias dessas enfermidades, consulte um Gastroenterologista.

 

SINTOMAS

Indivíduos de risco, entre os quais a prevalência de Doença Celíaca é esperada como consideravelmente maior do que a população geral:

-Parentes de primeiro grau (pais e irmãos) de pacientes com DC;

-Cansaço crônico;

-Falta de apetite;

-Alteração de humor (irritabilidade ou apatia);

-Vômito;

-Diarreia;

-Distensão abdominal;

-Dor abdominal;

-Gases;

-Baixa estatura sem causa aparente;

-Anemia por deficiência de ferro refratária à reposição de ferro por via oral;

-Anemia por deficiência de folato e vitamina B12;

-Osteoporose;

-Hipoplasia do esmalte dentário;

-Artralgias ou artrites;

-Constipação intestinal refratária ao tratamento;

-Atraso puberal;

-Irregularidade do ciclo menstrual;

-Esterilidade;

-Abortos de repetição;

-Ataxia;

-Epilepsia (isolada ou associada à calcificação cerebral);

-Neuropatia periférica;

-Miopatia;

-Manifestações psiquiátricas;

-Depressão;

-Autismo;

-Esquizofrenia;

-Úlcera aftosa recorrente;

-Elevação das enzimas hepáticas sem causa aparente;

-Fraqueza;

-Perda de peso sem causa aparente;

-Edema de aparição abrupta após infecção ou cirurgia e dispepsia não ulcerosa;

-Indivíduos com doenças autoimunes como diabetes melito insulinodependente;

-Tireoidite autoimune;

-Síndrome de Sjögren;

-Colestase autoimune;

-Miocardite autoimune;

-Indivíduos com síndrome de Down;

-Com síndrome de Turner;

-Com síndrome de Williams;

-Com infertilidade;

-Com história de aborto espontâneo;

-Com dermatite herpetiforme (considerada DC manifestada na pele).

 

Importante: Não excluir o glúten da dieta por conta própria, a retirada do glúten da dieta antes da realização dos exames causa alteração no resultado, como falso negativo!

 

 

 

Fonte: Ministério da Saúde

http://celiacosumdiadecadavez.com.br/2015/07/06/celiacos-conhecam-seus-direitos-no-sus/